logo-anunciame

O que mais você pode encontrar:

Cooperando com Deus

Cooperando com Deus

Todos nós temos a oportunidade de transformamos o ambiente e as pessoas que convivemos, porém é necessário estarmos conscientes deste fato e começarmos a agir.
Quando estamos mal em nosso habitat e não influenciamos positivamente, quando não descobrimos um meio de frutificarmos ali, de sermos úteis, gera em nós 03 sintomas muito comuns:

1º Fuga:– ela difere da mudança causada pela descoberta de boas oportunidades, pela vontade de Deus. A fuga deixa marcas em quem fica e em quem sai. Ela é fora de hora, é brutal.
2º Conformidade: indiferença a situação, acomodados no meio do caos. Não prejudicamos os que ficam ao nosso redor, mas também nada fazemos por eles.
3º Amargura: um dos piores sintomas, que leva a criticas, reclamações e murmurações. Porem ao tomarmos consciência do que somos capazes de fazer para transformar tudo a nossa volta, podemos construir relacionamentos saudáveis, que nos ajuda a crescer. Tomemos um exemplo pratico em II Reis 5, 1-19 vemos a narrativa da cura de Naamã, general do exercito do rei da Siria, homem de prestigio, porém leproso. Naamã tinha uma escrava a serviço de sua mulher, a escrava estava longe dos seus, com costumes totalmente diferentes, mais quando percebeu que poderia contribuir de alguma forma para a cura de seu amo, não perdeu tempo, foi até a sua senhora e lhe disse o que deveria ser feito. Vemos aqui algo muito importante, ela era uma escrava, não tinha que se preocupar com seu senhor, ela não fugiu por ele ser um leproso, não ficou indiferente e muito menos ainda ficou amargurada pela situação que estava submetida , agiu totalmente contrario do que se esperava, falou de como ele poderia ser curado, obteve crédito pela sua palavra e Naamã foi curado e algo mais, passou a acreditar no Deus verdadeiro e único, deixou de ser idolatra.

Outro aprendizado que temos nesta passagem é de que a verdade dita com amor produz sempre um resultado melhor, a escrava utilizou da sabedoria, não falou para qualquer pessoa sobre a cura de Naamã, foi direto a quem interessava, mandou um recado de forma sutil; utilizou do respeito, chamando o seu patrão de “o meu senhor”, palavras de cortesia, respeito e dignidade abrem as portas do coração de qualquer pessoa; convicção, certeza do que estava dizendo, quem tem segurança, merece confiança; conhecimento sabe como, onde e o que deve ser feito; sensibilidade tocou no ponto fraco de seu senhor, se tentasse evangelizá-lo falar de seu Deus ele com certeza não acolheria. Estes passos são muito importantes se queremos ter uma vida saudável, feliz e contribuirmos realmente para o reino de Deus.
Não precisamos plantar ódio, discórdia, brigas, rivalidade pelo simples fato de não estarmos satisfeitos com o lugar onde estamos e com quem estamos convivendo, como verdadeiros cristãos podemos cultivar o amor, a paz, a harmonia e sermos realmente benção onde estamos vivendo.

Gostou desta leitura?

Então compartilhe!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Print

PARABÉNS,

seus dados foram recebidos com sucesso!

Você já baixou nosso Aplicativo?